segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Contos do Caminho


Contos do Caminho é um projecto de parceria entre Espanha, Portugal e França, financiado pela Comunidade Europeia (entre outras entidades). A iniciativa conta com a participação das editoras OQO (Espanha), Bichinho de Conto (Portugal) e La Compagnie Créative (França), bem como de diversos museus dos países envolvidos.

Destinado prioritariamente a crianças do Ensino Básico, este projecto visa promover junto do público infantil o conhecimento do Caminho de Santiago e os seus traços europeus enquanto itinerário cultural de encontros e trocas entre as diferentes culturas.

Por outro lado, procura promover também obras de arte e contos de tradição oral dos vários países europeus. O projecto compreende o livro e a leitura, para além da salvaguarda do património, visando o desenvolvimento do espírito criativo da criança. Apoia-se na palavra do contador, na imagem ilustrada, na narração audio-visual e na fotografia.

Durante seis meses (de Janeiro a Junho de 2010), mais de 20 000 crianças dos três países percorrerão simbolicamente o Caminho de Santiago através de ateliers do conto e da arte.

Para saber mais acerca deste tema, clique aqui.

sábado, 28 de novembro de 2009

Novo livro de João Pedro Mésseder

O Pai Natal e o maiúsculo Menino, livro editado pela Trinta por uma linha, da autoria de João Pedro Mésseder, com ilustrações de Gabriela Sotto Mayor, foi apresentado por Maria Elisa Sousa no dia 28 de Novembro, às 17h na «Mãos à Arte», em Leça da Palmeira.

Simultaneamente foi inaugurada a exposição de originais de ilustração, patente no mesmo espaço até ao dia 18 de Dezembro.

A Casa da Leitura, da Fundação Calouste Gulbenkian, incluiu este título na "Montra” referente a leitores iniciais e medianos.

Para ler a sinopse do livro, clique aqui.
Para aceder ao blog da editora, clique aqui.
Para aceder ao blog da ilustradora, clique aqui.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Feira do Livro Infantil de Bolonha

Em meados de Setembro divulgámos aqui as datas previstas para a realização da Feira do Livro Infantil de Bolonha. Soubemos agora que a realização deste certame contará com mais um dia.

Assim, se quiser conhecer o que de mais importante se faz na área do livro infantil, desloque-se a Bolonha de 23 a 26 de Março e poderá conhecer editoras, ilustradores e publicações de todos os cantos do planeta.

Para saber mais, clique aqui.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

O Sonho de Cristiano

Cristiano nasceu numa noite de Lua cheia. Não se sabe se terá sido por ver a Lua em forma de bola, mas certo é que ele sempre sonhou ser um grande jogador de futebol.

Tal como narra esta história, quando sonhamos com muita força e acreditamos que somos capazes, as coisas mais fantásticas acontecem e um menino pode tornar-se rei!

O primeiro livro infantil da nossa colega de turma Andreia Vidal, editado pela Oficina do Livro, estará à venda nas livrarias a partir de 23 de Novembro.

domingo, 22 de novembro de 2009

Festa dos livros Gulbenkian 2009

De 26 de Novembro a 23 de Dezembro, entre as 10h e as 20h, poderá visitar a Loja do Museu Gulbenkian e a Livraria da Sede, onde decorrerá a Festa dos Livros Gulbenkian 2009.

Aqui é possível encontrar todas as publicações editadas pela Fundação, a preços reduzidos. Encontrará ainda objectos com a marca da Fundação e outras sugestões para a época natalícia. Serão também apresentadas seis publicações produzidas durante este ano, sempre às 18h na Loja do Museu Calouste Gulbenkian.

Para mais informações, clique aqui.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Colecção Makakinhos

A colecção Makakinhos, da editora Kalandraka, permite tornar a leitura mais acessível a crianças com problemas de desenvolvimento. A iniciativa é inédita no nosso país e resulta de uma parceria entre esta editora e a galega BATA (Baión Asociación de Tratamiento del Autismo). A colecção abre com dois títulos tradicionais: Chibos e Sabichões e O Patinho Feio, já à venda nas livrarias portuguesas.
Os livros destinam-se a pessoas com necessidades específicas, tais como atraso global do desenvolvimento, perturbações específicas da linguagem (PEL), paralisia cerebral (PC), perturbações do espectro do autismo, dificuldades de aprendizagem, entre outros. Para além de se apoiar no texto e na ilustração, a leitura faz-se também através de um sistema gráfico de comunicação utilizado internacionalmente – SPC – Símbolos Pictográficos de Comunicação (Mayer-Johnson). Este sistema baseia-se em imagens (pictogramas) muito simples, acompanhadas da palavra escrita, referente ao seu significado. Ao tornar possível a leitura de tais contos a crianças com necessidades especiais, a colecção Makakinhos pretende aproximá-las da leitura e dar-lhes ferramentas a partir das quais possam desenvolver as faculdades de imaginação e fantasia.

Para aceder ao site da editora Kalandraka, clique aqui.

Magda Costa

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Hänsel e Gretel

Nunca é demais retomar os irmãos Grimm e a velha história do abandono na floresta num tempo em que se deixa uma criança ao abandono da televisão ou da playstation.

Uma vez mais Hänsel e Gretel, desta feita magistralmente trazido a nós pelas mãos de Lorenzo Mattotti, numa edição preciosa da editora italiana Orecchio Acerbo. A não perder!

Para aceder ao site da editora, clique aqui.
Para saber um pouco mais acerca do livro, clique aqui.
Para aceder ao site oficial do ilustrador Lorenzo Mattotti , clique aqui.

Magda Costa

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Fumo

Fumo é um livro de lágrimas e esperança, da autoria de Antón Fortes, com duras ilustrações da polaca Joanna Concejo, que recebeu a Menção White Raven 2009.
Um livro que não é fácil. Um livro para ter e ler, ler, ler.
Para conhecer a sinopse de Fumo, clique aqui.

Magda Costa

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Ilustrarte 2009

Boas notícias para quem ainda não teve oportunidade de participar – a IV Bienal Internacional de Ilustração para a Infância prolonga o prazo para entrega de trabalhos até ao dia 30 de Novembro de 2009.
A Bienal tem como objectivos a promoção da ilustração de livros para a infância como forma de arte, a criação de um espaço de exposição e debate acerca da melhor ilustração para a infância mundial, bem como a consolidação da posição de Portugal como um dos pólos europeus promotores desta arte.
A Ilustrarte 2009 ocorrerá no magnífico espaço do Museu da Electricidade, em Lisboa.
Para aceder ao site da bienal, descarregar o PDF do regulamento e da ficha de inscrição, clique aqui.

domingo, 15 de novembro de 2009

Quando os objectos são outra coisa

Abrem-se as portas, deixam-nos sentar. O palco é logo ali, à distância de um passo, mas o que acontece em cena parece pertencer a um outro mundo. Corrijo, não pertence a um outro mundo, é apenas um jogo que nos alicia a jogar (também), e seguir o trilho de uma história. A partir do texto «A Fabulosa História de Peter Schlemihl» de Aldelbertvon Chamisso, Sofia Cabrita encena, no Chapitô, «História de quem perde a sombra».

Brincando com a própria construção de uma peça (de que se vai falar? qual o protagonista? qual o centro, qual a margem da peça?), encontramos três actores em palco desdobrando-se em diversas personagens. Eis um texto que não sendo linear poderia fazer alguns hesitar em levá-lo ao público infantil. Mas estive lá, e ri-me com as crianças que seguiram pelo labirinto de uma história em que os objectos e a imaginação transformam o lugar-comum. (Gostei desse pegar num objecto e descobrir-lhe toda uma nova panóplia de sentidos.) Em alguns momentos o corpo dança com esses objectos e cria quadros, intensidades dramáticas.

Nota para as ilustrações e design gráfico do programa da peça, da autoria de Gémeo Luís, a revelarem um pouco mais sobre o homem que vendeu a sombra em troca de uma bolsa de dinheiro...

Chapitô, Costa do Castelo
Até 13 de Dezembro, M 6 anos
Quintas e Sextas às 21h30 / Sábados e Domingos às 16h
Para mais informações acerca do espectáculo, clique aqui.
Pode aceder ao site de Gémeo Luís, aqui.

Ana Teresa Ferreira

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

LER PARA CRESCER COM LIVROS


LER PARA CRESCER COM LIVROS é mais uma colaboração do projecto Casa da Leitura com a Biblioteca Municipal de Ílhavo.
Nos dias 4 e 5 de Dezembro, os mediadores de leitura (educadores, professores, bibliotecários, entre outros) terão oportunidade de contar com um interessante programa de formação que decorrerá naquela biblioteca. No primeiro dia, Sara Reis da Silva abordará a literatura para a infância. No dia 5, Ana Margarida Ramos analisará a ilustração no livro infantil, seguindo-se Fernanda Leopoldina Viana, com uma dissertação sobre o desenvolvimento da literacia emergente.
As inscrições realizar-se-ão até ao próximo dia 02/12/2009 no Balcão da Recepção da BMI ou através do e-mail: biblioteca_municipal@cm-ilhavo.pt (indicando nome, profissão e contacto).

Para obter mais informações, aceda aqui ao programa da formação.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Elvis

«Os pais de Elvis eram muito pobres. Para celebrar o décimo aniversário do seu filho, o pai de Elvis ofereceu-lhe uma guitarra. A primeira vez que tocou foi para consolar a sua mãe, que chorava. Compreendeu então o enorme poder da música. Numa noite em que actuava num bar, notou que uma jovem o escutava. O seu nome era Priscilla. Elvis teve então vontade de escrever para ela a mais bela das canções de amor. Mas acerca do amor ele nada sabia. Foi então que comprou um Cadillac rosa e partiu em busca de inspiração…»

Elvis é mais um magnífico trabalho pictórico de Rébecca Deutremer, publicado em Portugal pela Editora Educação Nacional. Embora não me tenha sentido envolvida pelo texto, a extrema beleza e intensidade das imagens foram suficientes para prender a atenção. Talvez devido à opção de encadernação, este é um álbum dispendioso para a bolsa do leitor. Ainda assim, merece ser folheado e, quem sabe, comprado – opção que fiz!

Acerca de Rebecca Dautremer…
Rébecca Dautremer nasceu em Gap, no sul de França (Hautes Alpes), em 1971. Frequentou a ENSAD, em Paris e, em 1995, formou-se em edição gráfica. Tornou-se editora gráfica e ilustradora. Começou a escrever recentemente os seus próprios livros. Vive em Paris com o marido, Taï-Marc Lethanh, e os seus três filhos.

As obras de Rébecca Dautremer reconhecem-se. O seu traço singular e o universo poético que o envolve, a arte do detalhe, a dimensão onírica que ressaltam dos seus desenhos fazem de Rébecca uma das ilustradoras mais reconhecidas e apreciadas da actualidade. É uma mulher de enorme talento, que colabora com inúmeros escritores, mas que conta também com projectos individuais no mundo da escrita. Autora de Nasreddine e o seu burro e Séraphin, entre outros.

Magda Costa

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Prémio Melhor Ilustração para Livro Infantil

Cristina Sampaio nasceu em Lisboa. Licenciou-se em pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, em 1985. Desde 1987 ilustra livros infantis e um ano mais tarde começou a trabalhar como ilustradora e cartonista para diversas revistas e jornais em Portugal e no estrangeiro.Vencedora de diversos prémios - Award of Exellence (2002 e 2005), Prémio Stuart de Desenho de Imprensa para o melhor cartoon da imprensa portuguesa (2006), World Press Cartoon, na categoria de cartoon editorial (2007) - foi recentemente distinguida com o prémio de Melhor Ilustração para Livro Infantil na edição de 2009 do Festival Internacional de BD da Amadora. O livro premiado foi Canta o Galo Gordo.
Com poemas de Inês Pupo e Gonçalo Pratas, Canta o Galo Gordo é um livro editado pela Caminho. Com ele os autores pretendem falar do que se aprende na escola e dos dias que pontuam a vida, servindo simultaneamente para acompanhar pais, avós, famílias, professores e crianças ao longo do ano, recorrendo à poesia e à música. O CD que acompanha o livro contém as poesias musicadas.

Para aceder à página oficial de Cristina Sampaio clique aqui.
Para escutar alguns poemas musicados, clique aqui.
Para aceder ao site da Caminho, clique aqui.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

O Principezinho – edição em pop-up

Como em tudo, há livros bem elaborados e livros mal elaborados. Neste caso, a nova edição de O Principezinho está na classificação dos muitíssimo bem feitos. É fascinante, traz um novo olhar à obra de Saint-Exupéry, maravilha, arrebata, encanta. Todo ele provoca uma multiplicidade de sensações ao folheá-lo. A Editorial Presença brinda-nos assim com o presente ideal para este Natal, não só para as crianças mas também para nós, adultos, que nunca deixamos de fascinar-nos com esta maravilhosa história (aqui, na versão integral).

O primeiro livro considerado “pop-up” data de 1524 e foi elaborado pelo matemático alemão Peter Apian com o título Cosmografia, contendo uns discos móveis que pretendiam mostrar os movimentos celestiais.

Lúdico, dinâmico, criativo e complexo, o livro animado (muitas vezes minimizado na sua importância) tem um óbvio interesse pedagógico. Remete o leitor para uma posição manipulativa, estimulando a imaginação e proporcionando horas de prazer.

É possível espreitar o livro filmado, na página da Presença, clicando aqui.
No site de um dos grandes mestres do pop-up pode ver como se faz um livro com esta técnica: clique aqui.
Vale a pena visitar e explorar aqui um pouco mais o mundo do livro animado, desde a história até às técnicas.

Sandra Simões

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Baba Yaga

“Baba Yaga tinha um único dente. E foi provavelmente isso que a tornou tão má.”

Assim se inicia o conto Baba Yaga, publicado em Portugal pela Editora Educação Nacional, que tem como autores Taï-Marc Le thanh e Rébecca Dautremer.

É mais um daqueles livros para crianças que apaixona qualquer adulto. A cor, o ritmo e a densidade de cada imagem traz o leitor preso desde a capa até ao final. Imperdível!

Para visualizar algumas ilustrações do livro, clique aqui.

Magda Costa

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Herbário

"É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras."

Um herbário é uma colecção de espécies vegetais construída com um enorme cuidado e a atenção que a fragilidade das folhas e flores requer. Este livro abraça a Natureza e a ela dedica poemas, enaltecendo as suas formas insólitas, a estranha nomenclatura e a beleza da convivência harmoniosa com a nossa flora. Com humor, Jorge Sousa Braga promove o gosto e a observação particular das espécies com que lidamos diariamente e das quais não retiraríamos, sem esta preciosa ajuda, um sentido literário.

As ilustrações de Cristina Valadas enquadram cada sentido em linhas ténues, delicadas e frágeis, imersas em manchas singularmente coloridas – tal como os objectos coligidos num herbário – e acompanham na perfeição as palavras do escritor.

É sempre motivo de orgulho saber que este livro conta já com uma 4ª edição, datada de Setembro deste ano. Os nossos parabéns aos autores e à editora Assírio & Alvim por continuarem a oferecer-nos a oportunidade de aceder a tão bons livros.

Jorge Sousa Braga nasceu em 1957, em Vila Verde, e é médico obstetra no Porto. Os seus cinco primeiros livros de poesia, publicados nos anos oitenta, encontram-se reunidos em O Poeta Nu (1991). É também notável tradutor, tendo vertido para português poemas de Jorge Luís Borges, Matsuo Bashô, Li Po e Apollinaire.

Sobre Cristina Valadas já aqui nos referimos a propósito da sua participação na Feira de Bolonha no conjunto dos ilustradores seleccionados de 2009.

Helena Gonçalves

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

O gato do Simon

Os gatos são mesmo assim! Tal como "O gato do Simon", uma personagem criada por Simon Tofield, um animador inglês com um grande interesse pela vida selvagem britânica, pintura, por actividades ao ar livre e – claro – gatos!

Dirige e produz sozinho (miaus! incluídos) as curtas-metragens disponíveis para visualização na Internet. E lançou agora o livro que compila uma grande parte das suas ilustrações dedicadas à espécie que mais o fascina.
O livro é publicado em Portugal pela Objectiva, do Grupo Santillana, também uma novidade no nosso panorama editorial e que promete, através de várias chancelas, cobrir um vasto leque de títulos interessantes.

Tal como as crianças, "O Gato do Simon" é exigente, divertido e muito criativo nas suas actividades. Haverá quem se reveja como dono e quem se identifique como gato. Certo é que, sem uma única palavra, o livro oferece histórias curtas para todas as idades, sempre com grande sentido de humor. Aqui fica o primeiro filme do autor que recebeu vários prémios, incluindo o de Melhor Comédia nos Prémios Britânicos de Filmes de Animação (British Animation Awards), em 2008, e o Prémio YouTube's Blockbuster:



O ilustrador/ animador promete estar já a trabalhar numa nova curta-metragem. No seu site, pejado de ilustrações e caricaturas do quotidiano partilhado com gatos, é possível apreciar os filmes, assim como a participação do mundo inteiro na competição que ofereceu, até ao final de Setembro, uma cópia autografada do livro.

Para aceder ao site do Simon, clique aqui.
Para aceder ao site da editora Objectiva (ainda em construção, mas onde poderá subscrever já as novidades) clique aqui.

Helena Gonçalves