segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Eu e tu

A Caminho editou mais um livro de Anthony Browne. Desta feita, o livro Eu e tu que reconta a célebre história da menina dos caracóis de ouro que invade a casa dos três ursos, come a sua comida e dorme nas suas camas. História conhecida, mas com a reviravolta moderna e actual a que este autor já nos habituou.

Anthony Browne, reconhecido autor e ilustrador inglês de livros infantis, conta já com cerca de quarenta títulos editados até hoje. Recebeu vários prémios, dos quais se destacam o Kate Greenaway Medal em 1983 (Gorilla) e 1992 (Zoo); o Prémio Kurt Maschler, por Gorilla(1983), Alice's Adventure in Wonderland (1988) e Voices in the Park (1998). Recebeu ainda o prestigiado prémio Hans Christian Andersen (o «Nobel» da literatura infantil) de ilustração, no ano 2000.

Para aceder ao site da editora portuguesa Caminho, clique aqui.
Para saber mais acerca do autor Anthony Browne, clique aqui.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Prémios Bologna Ragazzi 2011

São já conhecidos os vencedores dos prémios da Feira do Livro de Bolonha 2011.

O livro FABLES, editado por Éditions Milan - Toulouse, France – é o vencedor do prémio na categoria de Ficção. Com textos de Esopo, adaptados por Jean-Philippe Mogenet e ilustrado por Jean-François Martin.
Na categoria de Não-Ficção, o trabalho vencedor é A HOUSE OF THE MIND: MAUM. Editado por Changbi Publishers, da República da Coreia, o livro conta com textos de Kim Hee-Kyung e ilustrações de Iwona Chmielewska.
O vencedor do prémio Novos Horizontes é MIL-FOLHAS – HISTÓRIA ILUSTRADA DO DOCE, um livro editado por Cosac Naify, de São Paulo, no Brasil.
Conta com textos de Lucrecia Zappi, e arranjo gráfico de Maria Carolina Sampaio.
Na categoria Obra Prima, o trabalho vencedor é MONSIEUR CENT TÊTES, cuja publicação é da responsabilidade da editora francesa Éditions MeMo. O livro é da autoria de Ghislaine Herbéra.
Para saber mais pormenores relativamente aos comentários do júri, clique aqui.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Pezinhos de lã

Com ilustrações de João Vaz de Carvalho e textos de Mercedes Prieto e Montse Rivera, surgiu recentemente no mercado um magnífico e raro trabalho de recolha de canções e danças tradicionais galegas e portuguesas, publicado pela editora Kalandraka.

Raro, porquê?

Porque não existem, no nosso país, trabalhos de reconstrução da história cultural local, da memória social e colectiva, que se dirijam tanto a crianças como a adultos; que contribuam para a inovação e, simultaneamente, para a difusão cultural; que suscitem a actividade lúdica e recreativa, utilizando como recurso a cultura popular e tradicional infantil; que motivem e promovam uma aprendizagem vivencial por parte de quem os utiliza.

Porquê magnífico?
Porque Pezinhos de lã é um livro-cd-dvd de qualidade inquestionável, que estimula a aprendizagem de canções, danças e jogos do património tradicional português, galego e mirandês, de uma forma agradável, divertida e participativa. O leitor pode executar os passos de dança, ouvir e tocar a música ou simplesmente… ler o livro!

“Empenhados na recuperação da cultura lúdica e activa das festas e dos bailes, os membros do grupo Pesdelán conceberam esta obra para ser partilhada por um público de todas as idades; tendo, além disso, criado todo um conjunto de material de forte dimensão educativa e de fácil utilização, em contextos variados. No repertório há 12 temas em português, mirandês e galego – dois deles inclusivamente de origem brasileira – com arranjos musicais originais. O CD também inclui 4 versões instrumentais para serem cantadas. O DVD contém explicações dos passos e demonstrações das danças. No conjunto, trata-se de um trabalho que visa ocupar os tempos de ócio, a cantar e a dançar. Pesdelán surgiu em 2008 da união de prestigiados músicos, dançarinos e professores de conhecidas formações musicais da Galiza e Portugal (Leilía, Susana Seivane Grupo, Xochilmica, Montelunai, Pulalle-o-pe). Transcendendo o conceito de grupo musical convencional, Pesdelán faz aqui uma proposta inovadora e atrevida, valendo-se da música ao vivo e do ensino de danças e jogos simples, substituindo assim a ideia de público espectador e passivo pela de público activo e participativo.”

in ww.kalandraka.pt

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

26 de Fevereiro: Perdido e Achado, Orfeu Mini


Só para recordar que é já este sábado.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

COR

São 15 os ilustradores portugueses na exposição de serigrafia comemorativa dos 15 anos da Casa da Cerca, em Almada.

Contem com trabalhos de André Letria, Alex Gozblau, André Carrilho, Bernardo Carvalho, Daniel Lima, Filipe Abranches, João Fazenda, Miguel Rocha, Maria João Worm, Nuno Saraiva, José Manuel Saraiva, Pedro Burgos, Tiago Albuquerque, Tiago Manuel e Susa Monteiro.

Esta é uma exposição Ar.Co, Casa da Cerca, com o Centro Português de Serigrafia, e estará patente até ao dia 14 de Março, na Casa da Cultura de Beja.

De segunda a sexta das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 23h30.
Aos sábados, das 14h00 às 20h00.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

And the winner is...

Parabéns ao autor e ilustrador Afonso Cruz pelo Prémio Autores 2011 para o Melhor Livro Infanto-Juvenil A Contradição Humana.

Para conhecer melhor o trabalho de Afonso Cruz, clique aqui.

Em tempo de crise as histórias ainda são grátis

O Grupo O Contador de Histórias continua a percorrer o país com a “Oficina de sobrevivência para pais contadores de Histórias”, acção de formação que passará nas próximas semanas por Penedono, Vila do Conde e Coimbra. Esta oficina conta já com cerca de duas centenas e meia de sessões, realizadas um pouco por todo o país.

Destina-se essencialmente aos pais e educadores que se vêem confrontados com a necessidade de contar histórias aos mais pequenos e que querem aperfeiçoar essa tarefa. Durante três horas descobrem-se livros novos e novas leituras para obras conhecidas, experimentam-se técnicas de dicção e expressividade mas sobretudo descobre-se (ou reencontra-se) o prazer de ler. Numa época marcada pela contenção orçamental das famílias, os participantes são confrontados com a possibilidade de criarem actividades divertidas e cativantes com os seus filhos, a partir dos livros, como contraponto aos dispendiosos brinquedos electrónicos.

Concebida e dinamizada por Filipe Lopes, a “Oficina de sobrevivência para pais contadores de Histórias” é dinâmica e participativa, longe da ideia de uma acção de formação tradicional. Tal como ao contar uma história a uma criança, a sessão decorre com dinâmica, algumas surpresas e mistérios guardados para o fim.

Esta actividade está sujeita a inscrição prévia.

Biblioteca Municipal de Penedono: 26 de Fevereiro às 14h30
Entrada livre, inscrição prévia na Biblioteca.
Duração: 3 horas

Biblioteca Municipal de Santo Tirso: 5 de Março às 14h00;
Entrada livre, inscrição prévia na Biblioteca.
Duração: 3 horas

Centro de Formação e Tempos Livres Casal do Lobo - Coimbra: 16 de Abril às 10h;
Entrada e inscrição: 10€
Duração: 3 horas

Para mais informações, clique aqui.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Rodolfo Castro na Biblioteca Municipal de Oeiras

Fantástica Matemática

É já este sábado pelas 15h00, no Museu das Crianças, em Lisboa.
Não percam: nem os miúdos e nem os graúdos!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Lançamento Orfeu Mini: Perdido e Achado, de Oliver Jeffers

Depois de O Incrível Rapaz que Comia Livros e O Coração e a Garrafa, eis mais uma novidade de Oliver Jeffers, na Orfeu Mini.

O lançamento de Perdido e Achado promete ser bastante divertido, tanto para miúdos, como para graúdos. A não perder, dia 26 de Fevereiro - sábado pelas 16h00 - na Biblioteca Camões, em Lisboa.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O Programa do Centenário de Alves Redol

Tal como havíamos anunciado em finais de Janeiro, aqui está o programa para 2011, ano do Centenário do nascimento do autor Alves Redol (1911-2011).

É de louvar esta iniciativa da parte da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e do Museu do Neo-Realismo em articulação com as demais instituições do concelho.

Alves Redol viajou pelo nosso mundo do livro infantil com cinco obras: as aventuras de Maria, uma flor - colecção de quatro livros publicados em finais da década de 60 - que é hoje reeditada com ilustrações vigorosas de José Miguel Ribeiro; e A Vida Mágica da Sementinha, obra de referência recomendada pelo Plano Nacional de Leitura.

Para aceder ao programa do Centenário de Alves Redol, clique aqui.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

SPA - Prémio Autores 2011

Parabéns aos nomeados do livro infantil: Afonso Cruz, António Mota e Isabel Minhós Martins.

Para conhecer a lista de nomeados de outras categorias, clique aqui.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Depois do Natal

O fim do barulho das iluminações, da corrida desenfreada em busca dos presentes perfeitos - ou não – e do caos feliz duma noite tão aguardada, dá lugar a um sentimento oco, é um ovo vazio depois de ter estado muito, muito cheio.

Depois do Natal volta tudo aos lugares que são os seus. O Inverno recupera o seu pesado fardo de ser uma estação taciturna, com cores que em nada se assemelham àquelas que Antes do Natal se espalham pelo mapa. Mas é um momento singular, um vácuo no tempo que devemos aproveitar, porque cedo, novamente um barulho de dias como o de hoje, vêm toldar os dias em que podemos, como a senhora Saint-Dizier, aprender a tricotar, ou plantar rosas como o Manu.

Depois do Natal, da Bags of Books, é um trabalho ilustrado pela incontornável Beatrice Alemagna, que mistura inúmeras técnicas de colagem e fotografia e ilustração a lápis em página dupla, para nos presentear com álbum sensitivo, que vê o mundo com a nostalgia daquilo que foi, como que através dos olhos de uma criança ou da infância que tivemos. O trivial assume relevo numa obra onde gravita ainda o peso das festividades que já foram. Percorra as páginas deste livro com um olhar atento, das cores aos pormenores, tudo é retratado com muita serenidade e, de certo modo, melancolia. Resta-nos agradecer à novíssima Bags of Books por um depois do Natal tão emotivo.

Para conhecer a Bags of Books edições, clique aqui.
E aqui, para saber mais sobre Beatrice Alemagna.

Fernando Carvalho

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Lançamento de Porquinhos à moda de Luísa Ducla Soares, na Bulhosa

Está aí a história tradicional Os Três Porquinhos, da Civilização.

Contada à maneira da autora, Luísa Ducla Soares e ilustrada por Maria João Lopes, este trabalho terá o seu lançamento amanhã, na Livraria Bulhosa do Oeiras Shopping, às 16h30m.
A não perder!

Porque é que os animais não conduzem?

Porque é que os animais não conduzem? ensina regras de segurança rodoviária aos mais novos.

Braga recebe o escritor e ilustrador Pedro Seromenho para a apresentação do seu projecto editorial, na próxima segunda-feira, dia 14 de Fevereiro, às 09h30, nas instalações da Escola Rodoviária de Braga (a comemorar o seu 10.º aniversário).

Este evento contará com a presença do Governador Civil de Braga, Fernando Moniz, do Presidente da Câmara de Braga, Mesquita Machado, da Vereadora da Educação, Palmira Maciel e do Comandante Distrital da PSP, António Machado Fraga.

Exposição de Ilustração em Torres Vedras


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Ilustrar é Ler Mais: 3.ª edição

A ilustração é um mundo de imagens, de criatividade, de códigos e significados que se inserem no mundo de literatura infantil.

Este é um projecto que se desenvolverá em parceria com as escolas em três sessões:

Primeira Sessão: apresentação das obras de um ilustrador.

Segunda Sessão: dinamização de uma história seguida de ateliês, partindo do universo artístico e criativo desse ilustrador.

Terceira Sessão: contemplará a mostra de trabalhos de todas os participantes e o encontro com o ilustrador.

Os intervenientes são os ilustradores Paulo Galindro e Marta Torrão.
Os convidados são as Escolas do 1.º Ciclo.

Esta actividade requer marcação prévia. Para tal pode contactar:

BM Maria Keil
Rua Maria José da Guia, 8
1750-358 Lisboa
Tel.: 21 758 92 80
E-mail geral: bib.mkeil@cm-lisboa.pt

BM Natália Correira
Centro Social Polivalente
Rua Rio Cávado
Bairro Padre Cruz
1600-700 Lisboa
Tel.: 21 714 15 35
E-mail geral: bib.ncorreia@cm-lisboa.pt

BM Palácio Galveias
Campo Pequeno
1049-046 Lisboa
Tel.: 21 780 30 20
E-mail geral: bib.galveias@cm-lisboa.pt

BM Penha de França
Calçada do Poço dos Mouros, 2
1170-317 Lisboa
Tel.: 21 816 07 50
E-mail geral: bib.pfranca@cm-lisboa.pt

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Na aula de trabalhos femininos?

As alunas da 3.ª classe costumavam, durante a aula de trabalhos femininos, conversar muito com a professora a respeito de tudo que as preocupava.

Como estavam já a poucos dias do exame, dizia uma delas naquela tarde:

- O leite-creme é o doce de que eu mais gosto. Até já aprendi a fazê-lo. Primeiro põe-se o leite ao lume até ferver. Entretanto, mistura-se o açúcar com a farinha. Depois…

- Não digas mais, que o resto já toda a gente sabe – atalhou Albertina.

Livro de Leitura da 3.ª Classe, 1958.

E assim chegou A colher de pau.

Há que parabenizar a Babel pela reedição desta pérola que se perdeu no tempo e por lá ficou. Era um tempo de meninas prendadas que arregaçavam as mangas, vestiam aventais e pilotavam fogões a lenha e a gás. Meninas com 7 e 8 anos que já eram verdadeiras donas de casa, num mundo onde os perigos bacterianos da utilização duma colher de pau eram pura ficção-científica. Cortavam com facas bem amoladas, efectuavam medições precisas e mexiam leite a ferver em panelas incandescentes com a mestria de cozinheiras francesas. Queimaduras? Qual quê? Uma colherada de margarina ou umas gotas de azeite resolviam o assunto, e as meninas de outrora estavam preservadas e prontas para retomarem a formação contínua que o estado tinha pensado para elas.

A Verbo editou um dos maiores sucessos internacionais de todos os tempos da gastronomia: The Young French Chef: a first cookbook, de Denise Perret com ilustrações deliciosas de Catherine Cambier. Esta edição em inglês chegou às estantes das livrarias em 1965, e em 1966 chegava a Portugal com o nome de A colher de pau: o meu primeiro livro de cozinha. Adaptado à realidade nacional por Maria de Lourdes Modesto – figura mítica da culinária - o livro conta com inúmeras receitas espalhadas por oito capítulos recheados de surpresas, explicações pormenorizadas e ilustrações bonitas e esclarecedoras. Não lhe faltava nada: regras gerais de comportamento seguro apelidadas de “Os dez mandamentos da prudência” e até uma ilustração legendada dos instrumentos e utensílios de cozinha.

Pensado para que as meninas americanas descobrissem os prazeres da culinária francesa - como já Julia Child havia feito em Mastering the Art of French Cooking em 1960 para o público adulto - este livro, aquando da sua adaptação para o português, viu algumas partes suprimidas, nomeadamente a nota introdutória The Pleasure os Cooking onde se exaltava a expressão da culinária como um acto de individualismo, tudo num pequeno texto bastante motivador e inspirador: a culinária vista como uma arte e não como “bagagem” para um futuro promissor de esposas prendadas. Talvez tenha havido um momento de “lápiz azul” na edição do original. Talvez.

Um livro vintage que vai transtornar as crianças do século XXI pela página 7, onde nenhum utensílio de cozinha dispõe de um ecrã táctil e tudo se move a força braçal, mas que as vai deixar rendidas a cada folha que forem virando, principalmente pelas páginas recortadas em separadores e pelo facto desta edição ser fac-similada do original que pertenceu a Maria de Lourdes Modesto nos idos anos 60. Deixem-nas descobrir esta arte.

The Young French Chef: a first cookbook na versão La Cuiller en Bois: Mon Premier Livre de Cuisine, chegou a vencer o prémio Loisirs-Jeunes para o melhor livro infanto-juvenil publicado em França, em 1965. É uma preciosidade.

E traz uma colher… de pau!
Fernando Carvalho

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Dias Palacianos - A biblioteca vai ao tempo dos príncipes e princesas

Dias Palacianos é uma viagem pelo tempo, até ao período em que a estética Barroca imperava em Portugal e os destinos do país ainda estavam associados à Dinastia Filipina.

Esta recriação, da responsabilidade da Ordem da Cavalaria do Sagrado Portugal, terá lugar nos dias 12 e 14 de Fevereiro, na Biblioteca Municipal Palácio Galveias, sendo inspirada na história e arquitectura do edifício, que o associa à família Távora, por intermédio de D. Luís Álvares de Távora, primeiro Marquês de Távora e Conde de São João da Pesqueira.

Os participantes serão convidados a percorrer os diferentes espaços deste equipamento municipal e a experimentar a realidade da vida na corte portuguesa setecentista. Episódios da vida quotidiana familiar, manifestações poéticas de amor cortês, apaixonados confrontos em duelo, irão pautar esta experiência revivalista e despertar emoções por entre a assistência.

Mais informações e marcações:
BM Palácio Galveias
Campo Pequeno 1049 – 064 Lisboa

Tel: 21 780 30 20

Conheça aqui outras actividades desenvolvidas pelo Passado Vivo.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Formação: "Contar" com Arte

O MPIAEPA (Movimento Português de Intervenção Artística e Educação pela Arte) em parceria com a ESTC (Escola Superior de Teatro e Cinema) irá realizar, durante os meses de Fevereiro e Março, cinco Acções de Formação decorrente das concepções e metodologias da Educação pela Arte cujo tema a trabalhar será “O Conto”.

Os contos de fadas, desde suas origens, representam importantes formas de expressão e de comunicação. Exercem uma importante função no desenvolvimento infantil e auxiliam a criança a conhecer o mundo e a reconhecer-se. Os Contos sempre tiveram a função de distrair e instruir, podendo ser um valioso instrumento auxiliar na educação de crianças.

Ao propormos uma formação à volta do Conto, integrando as diferentes áreas artísticas, estamos a evidenciar a importância do Contar uma História, onde a criança pode explorar com o seu próprio corpo, a sua voz e a sua criatividade momentos de fantasia, imaginação e sonho.

Deste modo, irão decorrer cinco acções de formação durante os meses de Fevereiro e Março, sábados das 10h00 às 13hoo.

Destinatários: Professores, Educadores, Animadores Culturais e todos os Técnicos de Educação, Alunos dos Cursos do Departamento de Teatro da ESTC.

Local: Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC), Avenida Marquês de Pombal, 22B, 2700-571, AMADORA

Pagamento: Cada Acção terá um custo de 20€. As 5 Acções de Formação terão um valor de 80€.

Inscrição: Para proceder à inscrição, é necessário que contacte por telefone ou e-mail para que lhe seja remetida a respectiva Ficha de Inscrição. O prazo limite para a inscrição e o respectivo pagamento será até ao dia 15 de Fevereiro.

Número máximo de participantes em cada uma das acções: 20

1.ª Acção de Formação: "Conto" com o Conto - 19 de Fevereiro

2.ª Acção de Formação: "Conto" com o Drama - 26 de Fevereiro

3.ª Acção de Formação: "Conto" com a Plástica - 12 de Março

4.ª Acção de Formação: "Conto" com a Dança - 19 de Março

5.ª Acção de Formação: " Conto" com a Música - 26 de Março


Para informações adicionais, clique aqui.

Um Livro, de Hervé Tullet

É um jogo, é magia…é Um Livro! Basta fazer o que ele te pede e as coisas vão acontecendo na página seguinte. Altamente interactivo, este livro pede a participação das crianças…e elas adoram! Por outro lado, têm também a oportunidade de aprender as cores, contar e distinguir o lado esquerdo do direito.
Hervé Tullet nasceu em 1958. Depois de estudar Belas Artes e Artes Decorativas, trabalhou como director artístico durante dez anos nas áreas de comunicação e publicidade. Em 1990
produziu as suas primeiras ilustrações para a imprensa francesa e estrangeira. Em 1994 publica o seu primeiro livro para crianças. Desde então, dedicou-se à ilustração e à pintura. Verdadeiro amante da literatura infantil, é pai de dois rapazes e de uma menina, que “jamais o deixarão de inspirar”.

Este e outros livros da Edicare Editora, aqui.

Para descobrir este autor, clique aqui e surpreenda-se.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Livraria Mercado Azul, em Guimarães

Esta livraria infantil desenvolve várias actividades durante o mês de Fevereiro, de que se destacam os contos de histórias. Veja o calendário:

5 de Fevereiro, sábado
17h00 Conto de história Trocoscópio, Planeta Tangerina

12 de Fevereiro, sábado
11h30 Conto de história O Sapo Apaixonado, Caminho

19 de Fevereiro, sábado
17h00 Conto de história Beijinhos, não dou, Dinalivro
Vitória, vitória, aqui há história…

26 de Fevereiro, sábado
11h30 Conto de história Que Delícia, Caminho
Vitória, vitória, aqui há história…

A Mercado Azul disponibiliza um serviço de contos de histórias no seu próprio espaço e fora dele. O serviço possui diferentes modalidades, desde a leitura encenada até histórias com suportes 3D (fantoches, sombras, marionetas) e ateliês/actividades plásticas, sempre relacionadas com o tema central da história escolhida.

Todas as terceiras quartas-feiras de cada mês a Mercado Azul oferece uma história, de forma gratuita, mediante ordem de inscrição para escolas, jardins-de-infância, entre outros.

Organização: Mercado Azul – Cooperativa de Cultura, CRL.
Rua Egas Moniz 127
4800-411 Guimarães
Contactos: 253094297 931697651

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Aniversário de Almeida Garrett

Não podíamos deixar de assinalar esta data tão importante no calendário de aniversários dos grandes escritores portugueses que deixaram o seu cunho na literatura: o nascimento de Almeida Garrett. Ficam aqui alguns apontamentos de obras que nos dizem respeito. Apreciem o romantismo no seu auge.

Sugerimos Falar Verdade a Mentir, com ilustrações de João Caetano, da Porto Editora.
E dois recontos adaptados para o público infantil: Viagens na Minha Terra, adaptação de Rui Zink, com ilustrações de Gabriela Sotto Mayor e Frei Luís de Sousa, adaptação de José Jorge Letria, com ilustrações de André Letria; ambas pelas já extinta Editora Quasi.

Aqui Há Gato! - Livraria Infantil em Santarém

E aqui fica o programa para o mês de Fevereiro da Livraria Infantil: Aqui Há Gato.

Já existe há pouco mais de três anos e é conhecida pelas suas inúmeras actividades ligadas à promoção da leitura e às artes plásticas.

Tomem nota: aos sábados, as habituais HISTÓRIAS (às 11h30 e às 16h00) e OFICINAS DE ARTE (às 12H00 e às 16H30).

Para conhecerem melhor o plano de actividades para o mês de Fevereiro, cliquem aqui.

Apresentação: Meu Avô, Rei de Coisa Pouca


81.ª Feira do Livro de Lisboa

A APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros) anunciou ontem as datas para a 81.ª Feira do Livro de Lisboa. A mesma decorrerá de dia 28 de Abril a 15 de Maio de 2011, no Parque Eduardo VII, no coração da nossa capital.

A Feira do Livro continua a ser um importante marco no calendário de todos os lisboetas que, tradicionalmente fazem deste espaço o local de eleição para as suas compras de livros, a preços muito oportunos. Por seu turno, a APEL continua a ter como propósito fundamental organizar um evento que pressupõe a promoção e difusão do livro em língua portuguesa, fomentar os hábitos de leitura dos portugueses e melhorar o seu nível de literacia.

P'la APEL
O sítio da APEL já tem disponível toda documentação necessária às editoras que pretendam participar nesta feira.

Visite a APEL aqui.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Ler no Chiado, com Sophia

Segundo Catálogo Ibero-americano de Ilustração

Está aberto, até ao próximo dia 30 de Junho, o período de convocatória para o Segundo Catálogo Ibero-americano de Ilustração que se destina a ilustradores do livro infantil e juvenil.

Por detrás desta segunda edição temos a Fundação SM (responsável pelo concurso de literatura para a infância Barco a Vapor, este ano na sua 7.ª edição), o ILUSTRADERO (auto-proclamado grupo criativo, integrado por ilustradores de diversas nacionalidades, que procura novas formas de apresentar o seu trabalho, nichos de mercado e a profissionalização) e com a colaboração da Feira Internacional do Livro de Guadalajara.

Com a selecção feita, serão escolhidos 30 ilustradores para integrar o catálogo e verão as suas obras expostas na Feira do Livro de Guadalajara com destaque para o vencedor e menções honrosas.

Para todas as informações sobre como participar com os seus trabalhos, clique aqui.

Conheça melhor o grupo criativo ILUSTRADERO, aqui.

E aqui fica o sítio da Feira do Livro de Guadalajara.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Apresentação: A Menina de Papel


Contos e desenvolvimento Infantil

As Formações e workshop Contos e desenvolvimento Infantil já têm datas e local.

Local: APIA (Associação de protecção à Infância da Ajuda)
Largo da Ajuda n.º 2 (Vivenda rosa com azulejos azuis, em frente ao Palácio da Ajuda)

Acções/Datas e preços

1. O conto como mediador do desenvolvimento infantil
- projectos de intervenção
- 26 Fevereiro - 6h
(sábado - 6h/ 9h às 16h) - 35€

2. Os contos, os lobos e os medos organizadores da infância
- 15 e 16 de Março - 6h
(terça - 3h/ 16h às 19h e quarta - 3h/16h às 19h) - 35€

3. Selecção do livro infantil adequado às diferentes etapas do desenvolvimento
- 30 e 31 de Março - 6h
(quarta - 3h/ 16h às 19h e quinta - 3h/16h às 19h) - 35€

Workshop: Literatura Infantil
- dinâmicas para contar, criar contos e mediar grupos.
- 4 a 9 de Abril - 18h
(segunda a sexta - 3h/ 16h às 19h ou 4h/16h às 20h) - 85€

Solicite mais informações, processo de inscrição e respectivos programas para o email: ouvir.pensar@gmail.com

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Casa Andresen

Na semana passada, os dias 26, 27 e 28 de Janeiro foram marcados por eventos sem par sobre Sophia de Mello Breyner Andresen, desde a abertura ao público da exposição do espólio da autora, a um colóquio na Fundação Calouste Gulbenkian.

A recém-renovada Casa Andresen (Rua do Campo Alegre, 1191, Jardim Botânico) abriu as portas no passado dia 16 de Dezembro para receber a apresentação oficial do programa das celebrações do centésimo aniversário da Universidade do Porto que se realizará em 2011.

A antiga casa de família de Sophia de Mello Breyner, acolhe o primeiro evento de comemorações do Centenário da Universidade do Porto: a exposição internacional A Evolução de Darwin, que começou hoje, dia 1 de Fevereiro, e durará até a Julho de 2011.

Aproveite para visitar a exposição que dá a conhecer a vida e obra de Charles Darwin, incluindo a sua viagem à volta do mundo a bordo do HMS Beagle e as evidências que o levaram a postular a revolucionária teoria da evolução das espécies por selecção natural.

A exposição está patente na Casa Andresen, um local que combina cultura e saber científico num dos espaços mais emblemáticos da cidade do Porto. É possível visitar autonomamente ou agendar uma visita guiada (para grupos escolares).

Visite a Casa Andresen, aqui e aqui.
Todas as informações sobre a exposição, aqui.

Feira do Livro Infantil de Bolonha 2011 - 2.0

Na edição de 2011, a Exposição de Ilustração da Feira do Livro Infantil de Bolonha contará com dois ilustradores portugueses. Desta feita, os artistas seleccionados foram Bernardo Carvalho (prémio nacional de ilustração 2009) e Teresa Cortez; ambos irão assim integrar uma lista de 77 internacionais da ilustração infantil: este ano com Japão a encabeçar a lista da selecção com 19 ilustradores.

O júri vai ser composto por cinco individualidades ligadas ao livro infantil a nível internacional: L’uboslav Pal‘o da Eslováquia, Paolo Canton de Itália, Carll Cneut da Bélgica, Ellen Seip da Noruega e Sophie Van Der Linden de França.

Para a exposição, a multifacetada Teresa Cortez irá apresentar cinco trabalhos inéditos intitulados "Maré Cheia", e Bernardo Carvalho terá em mostra cinco das ilustrações que compõem "O Livro dos Quintais", da editora Planeta Tangerina.

É com uma enorme satisfação que acolhemos esta notícia. Os parabéns da nossa equipa aos dois ilustradores.

Para conhecer melhor o trabalho de Teresa Cortez, clique aqui.
E aqui, para o trabalho de Bernardo Carvalho.

Feira do Livro Infantil de Bolonha 2011 - 1.0

Data e evento a recordar: 28 a 31 de Março, Feira do Livro Infantil de Bolonha.

Trazemos imensas novidades sobre este acontecimento.

Exposição de João Vaz de Carvalho

Para recordar que a exposição de João Vaz de Carvalho - ilustrador icónico do livro infantil e não só – vai estar patente só até ao próximo dia 10 de Fevereiro, na Livraria Arquivo em Leiria.

"Vivo neste planeta, neste mundo e absorvo o que me rodeia. Dizer que algo é absolutamente pintura ou ilustração é redutor. É mais interessante procurar o que é comum a tudo isso e quais as ferramentas retiradas de cada área para construir uma linguagem própria. "

João Vaz de Carvalho em entrevista ao Jornal de Leiria.

De segunda a sábado a galeria está aberta ao público das 10h00 às 20h30; aos domingos, das 14h30 às 19h30.

Não deixe de passar por lá para conhecer ainda melhor o trabalho deste artista que tem agraciado tantos dos nossos livros infantis favoritos.

Para conhecer o sítio oficial do autor, clique aqui.
Clique aqui para ler a entrevista que João Vaz de Carvalho deu ao Jornal de Leiria.

Concurso Lusófono da Trofa - Conto Infantil Prémio Matilde Rosa Araújo

Está aberto o período de recepção dos trabalhos que desejam participar no Concurso Lusófono da Trofa – Conto Infantil Prémio Matilde Rosa Araújo, organizado pela Câmara Municipal da Trofa, e também com o apoio do Instituto Camões.

As categorias são: Prémio para melhor ilustração original, o Prémio Lusofonia para o melhor conto de cada país que não tenha sido contemplado com o grande prémio, e o Prémio Matilde Rosa Araújo para o melhor conto.

Este concurso abrange todos os países de língua oficial portuguesa, como é o caso de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor. Assim, e à semelhança do ano passado, os centros culturais portugueses e as suas extensões nos países de língua portuguesa – Luanda, Brasília, Praia, Mindelo, Bissau, Maputo, Beira, São Tomé, Príncipe e Díli – receberão nas suas áreas, os trabalhos concorrentes, que depois são encaminhados para um júri do município da Trofa.

Para participar na edição de 2011 deverão entregar os seus trabalhos, em mão, na Casa da Cultura da Trofa ou via correio, dirigidos ao Vereador do Pelouro da Cultura, até ao dia de 25 de Março de 2011.

Clique aqui, para todas as informações necessárias sobre esta edição.